quinta-feira, 31 de maio de 2012

'Injustice' é novo game de luta com heróis do universo da DC Comics

Jogo é desenvolvido pelos criadores da série 'Mortal Kombat'.
Game foca em superpoderes e chega para os consoles em 2013.

 

 

 

A produtora da série de luta "Mortal Kombat", a Netherrealm, anunciou nesta quinta-feira (31) o desenvolvimento do game "Injustice: Gods Among Us", que traz heróis e vilões do universo da DC Comics como Super-Homem, Batman, The Flash e Mulher Maravilha em confrontos violentos.

O título tem previsão de lançamento para 2013 para Xbox 360, PlayStation 3 e Wii U, o novo videogame da Nintendo.

De acordo com a produtora, o roteiro será feito exclusivamente para o jogo e colocará os gamers em um mundo "onde os limites entre o bem e o mal são turvos, vivendo a experiência de heróis e vilões em épicas batalhas em escala massiva". Com os poderes dos personagens, as lutas prometem ser violentas, destruindo grande parte dos cenários

“Com 'Injustice: Gods Among Us', estamos criando uma franquia completamente nova com incríveis batalhas,” disse Martin Tremblay, presidente da Warner Bros. Interactive Entertainment. “A equipe extremamente talentosa da NetherRealm Studios está por trás do último sucesso de 'Mortal Kombat' e está desenvolvendo um game como nunca antes foi visto no gênero de jogo de luta.”

“Mal podemos esperar para revelar 'Injustice: Gods Among Us' porque proporcionará aos jogadores uma experiência épica enquanto travam batalhas como deuses na pele dos vilões e heróis da DC Comics,” disse Ed Boon, diretor criativo da Netherrealm Studios. “Nossa equipe está entusiasmada na produção de um game de luta ágil, com incrível narrativa e personagens icônicos da DC Comics.”

Novo 'Gears of War' pode ser apresentado na feira E3

Imagem em capa da 'Game Informer' sugere novo título da franquia.
Microsoft e revista ainda não confirmaram o game.

 

 

 

A próxima da edição da revista especializada em games "Game Informer" pode trazer o anúncio de um novo game da série "Gears of War", exclusiva do Xbox 360, da Microsoft. A publicação mostrou uma imagem de capa que sugere que um personagem da franquia está sendo preso por dois soldados que aparecem na série.

Até o momento, nenhum anúncio foi confirmado pela empresa e pela revista. A "Game Informer", no entanto, revelará o título do game que estampa sua capa após o anúncio da Microsoft na feira Electronic Entertainment Expo (E3) na segunda-feira (4).

O estúdio responsável pelo novo game deve ser o People Can Fly, que desenvolveu "Bulletstorm".

 

Capa da revista 'Game Informer' pode revelar novo 'Gears of War' (Foto: Divulgação)

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Rede de TV se confunde e mostra logotipo de game ao citar ONU

Notícia usou logotipo de organização fictícia do game 'Halo'.
BBC pediu desculpa pelo erro aos telespectadores.

 

 

 

A rede de TV BBC, ao colocar no ar uma reportagem sobre o Conselho de Segurança das Organização das Nações Unidas (ONU), se confundiu usou o logotipo de uma outra organização, a United Nations Space Command (UNSC), ou Comando Espacial das Nações Unidas, em tradução, organização fictícia da série de games "Halo".

 

Nos jogos da franquia do console Xbox, da Microsoft, a UNSC é a agência responsável por proteger a Terra das forças hostis que vêm de outro planeta.

 

 

A BBC pediou desculpas pelo erro. "Nos esforçamos para garantir a que as imagens que usamos são as corretas, mas erros acontecem ocasionalmente", disse a emissora ao site "Eurogamer". "Infelizmente, o logotipo foi usado de forma incorreta durante um boletim de notícias e pedimos desculpas aos nossos espectadores".

Após o erro, a BBC corrigiu a imagem nos boletins seguintes, mas o vídeo com a gafe está na web (clique aqui para assistir).

O Conselho de Segurança da ONU não possui logotipo próprio. A confusão pode ter ocorrido porque uma busca na internet por "UNSC" (United Nations Security Council), que seria a sigla em inglês para o conselho, mostra a imagem usada para a organização fictícia.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Analista afirma que 'GTA V' chega em 2013 e venderá 14 milhões de cópias

Lançamento deve render US$ 700 milhões em vendas.
Rockstar ainda não anunciou data de lançamento para o título.

 

 

 

 

O aguardado "Grand Theft Auto V", da Rockstar, ainda não tem data de lançamento, mas de acordo com um analista da Sterne Agee, nos Estados Unidos, o game deve ser lançado no primeiro trimestre de 2013 e deve vender 14 milhões de cópias no período de seu lançamento.

Segundo análise de Arvind Bhatia, o resultado levaria mais US$ 700 milhões aos cofres da Take-Two Interactive, que distribui os jogos da Rockstar. O analista, no entanto, não informou quanto tempo ele considera o período de lançamento do jogo.

Em comparação, "Call of Duty: Modern Warfare 3", o game mais vendido dos últimos anos, faturou US$ 775 milhões para a Activision Blizzard nos primeiros cinco dias nas lojas quando foi lançado em novembro de 2011.

"GTA IV", último jogo da franquia da Rockstar, vendeu 22 millhões de cópias em todo o mundo desde o seu lançamento em 2008.

Novo 'Need for Speed' pode ser apresentado na feira de games E3

Site afirma que título será remake de 'Need for Speed: Most Wanted'.
Game ainda não foi confirmado pela produtora Electronic Arts.

 

 

 

 

A série de corrida "Need for Speed" pode ganhar uma nova versão em 2012, que será anunciada na feira de games Electronic Entertainment Expo (E3), que acontece em Los Angeles, nos Estados Unidos, entre os dias 4 e 7 de junho.

De acordo com o site especializado "IGN", o título se chamará "Need for Speed: Most Wanted" pode ser um remake do game de mesmo nome lançado para PlayStation 2, Xbox, Gamecube, PC, PSP, DS e Xbox 360 em 2005.

Ainda, o site afirma que o título pode estar em desenvolvimento pelo estúdio Criterion, de "Need for Speed: Hot Pursuit", de 2010 e "Burnout Paradise".

A Electronic Arts não comentou a notícia e não confirmou o desenvolvimento do jogo

sábado, 26 de maio de 2012

Konami anuncia desenvolvimento de novo 'Zone of the Enders'

Game está em estágio inicial de produção e não tem data de lançamento.
Coletânea em HD chega ao Japão em outubro.

 

 

 

 

A Konami e a Kojima Productions anunciaram nesta sexta-feira (25) que está desenvolvendo um novo jogo da série "Zone of the Enders", mas que o título ainda não tem data de lançamento. O nome do projeto, que terá participação de Hideo Kojima, criador do game e da série "Metal Gear", será "Enders Project".

De acordo com Kojima, a produção do game ainda está em fase inicial e que está fazendo testes com o motor gráfico Fox Engine, da própria Kojima Productions. No evento onde o título foi anunciado, apenas algumas ilustrações de robôs do game foram apresentadas.

"Zone of the Enders" foi lançado originalmente em 2001 no PlayStation 2 e teve uma sequência para a plataforma e uma versão para o portátil Game Boy Advance. O jogador deve controlar robôs gigantes em batalhas repletas de ação com outras máquinas.

Os dois primeiros jogos lançados no PS2 farão parte de uma coletânea em alta definição para o PlayStation 3 e Xbox 360 que chega ao Japão em 25 de outubro.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Game dos 'Homens de Preto 3' chega ao Brasil no dia 28 de maio

Jogo segue lançamento do filme, que chega aos cinemas nesta sexta (25).
Título custa R$ 200 no PS3 e X360 e R$ 150 no Wii.

 

 

 

 

O novo game baseado na franquia "Homens de Preto", "Men in Black: Alien Crisis", chega ao Brasil na segunda-feira (28), três dias depois de o filme "Homens de Preto 3" chegar aos cinemas do país. A produção estreia nesta sexta-feira (25) no país.

"MIB: Alien Crisis", com versões para PlayStation 3, Xbox 360 e Wii, conta história paralela ao  filme, combinando ação investigação e tiros. No título, o gamer é um ladrão "aposentado" recrutado pela organização e se torna um agente do MIB. Será possível usar todas as armas e equipamentos vistos dos filmes, principalmente para descobrir alienígenas disfarçados na sociedade.

O game é compatível com o acessório Top Shot Elite, para poder dar tiros usando os controles sensíveis a movimentos PS Move, do PS3, e Wii Remote, do Wii.

O jogo é distribuído no Brasil pela Neoplay e custa R$ 200 para os consoles da Sony e da Microsoft e R$ 150 para o videogame da Nintendo.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Foto mostra suposta nova versão do 'controle-tablet' do Wii U

Imagem mostra mudanças no acessório e foi publicada por desenvolvedor.
Nintendo revelará data de lançamento e preço do Wii U na feira E3.

 

 

 

Um funcionário da desenvolvedora Traveler's Tales, responsável por games da série "Lego", como "Lego Batman" e "Lego Star Wars", publicou no Twitter uma imagem de uma suposta nova versão do controle do videogame Wii U. Nele, as alavancas analógicas mudaram de formato e alguns botões estão em outras posições.

A Nintendo apresentou o Wii U durante a feira E3 de 2011. No evento deste ano, que acontece entre os dias 5 e 7 de junho em Los Angeles, nos Estados Unidos, a empresa deve anunciar data de lançamento e preço do aparelho que tem um controle que imita um tablet como destaque.

Entre as mudanças apontadas pelo site "Games Radar" está a mudança das alavancas analógicas, que ficam mais próximas do formato usado na extensão Nunchuk, do Wii, em vez do formato em disco, similar a do portátil Nintendo 3DS, e a mudança de posição dos botões Start e Select para o lado direito do controle. Há também dois botões quadrados, na esquerda e na parte inferior do controle-tablet, ao lado do botão Liga/Desliga, que não tiveram suas funções reveladas.

O site também aponta que o controle tem o logotipo do Wii U, que não aparecia nas versões anteriores.

O joystick apresenta duas alavancas analógicas, essenciais para jogos de tiro em primeira pessoa (quando você não vê o personagem, apenas a arma, como se a estivesse segurando). Além disso, há dois botões de ombro, dois gatilhos, os tradicionais botões de ação, 4 deles, e um direcional digital.

Até o momento, a Nintendo não comentou a publicação da imagem.

 

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Falha após atualização faz 'Street Fighter x Tekken' travar em lutas

Capcom lançou correção para combos infinitos, que teria causado o bug.
Empresa ainda não se manifestou sobre o caso.

 

 

 

 

 

Após lançar uma atualização que prometia corrigir falhas do game de luta "Street Fighter x Tekken", a Capcom enfrenta mais problemas com o jogo. Com a correção, jogadores afirmam que o game trava quando projéteis dos personagens se encontram.

O caso, descoberto pelo jogador profissional Ricky Ortiz, de acordo com o site "Kotaku", faz o game travar quando um projétil do personagem Rolento se encontra com outro projétil de qualquer personagem.

A atualização "1.04" do game foi lançada pela Capcom para corrigir os combos infinitos, sequências de golpes que, caso sejam executadas corretamente, eliminam o adversário sem que ele tenha chance de reagir. Segundo o jogador, foi esta atualização que fez o jogo travar.

A Capcom ainda não se manifestou sobre o lançamento de uma correção do "bug".

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Rockstar adiciona legendas em português em 'Max Payne 3'

Atualização gratuita foi lançada para Xbox 360 e PlayStation 3.
PC deve receber legendas no final de maio.

 

 

 

 

 

A produtora Rockstar lançou uma atualização gratuita para o game "Max Payne 3" que colocou legendas em português nos diálogos do game, permitindo que os jogadores que não têm conhecimento de inglês possam entender as conversas.

As legendas, válidas inicialmente para as versões de Xbox 360 e PlayStation 3, aparecem até nos diálogos dos personagens brasileiros quando estes falam em português. Para acessar o recurso, o videogame deve estar com idioma em português.

A versão de PC deve receber legendas até o final do mês.

O game "Max Payne 3" será lançado no Brasil no dia 31 de maio por R$ 200 na versão de PlayStation 3 e Xbox 360 e por R$ 90 no PC, em disco, de acordo com a distribuidora Arvato Games. A edição de colecionador do título, que tem a cidade de São Paulo como local da trama, também será vendida no país por R$ 400.

 

Contra as gangues paulistas
"Max Payne 3" foi lançado para Xbox 360, PC e PlayStation 3. No game, o herói enfrenta traficantes na cidade de São Paulo para encontrar a esposa de um grande empresário brasileiro que foi sequestrada. O jogo traz elementos conhecidos da franquia como a câmera lenta para que o jogador dê tiros mais precisos. A Rockstar afirma que trabalhou muito nos controles do jogo para fazer com que o personagem se mova de modo realista enquanto o jogador consegue mirar nos adversários facilmente.

O game de tiro em terceira pessoa tem um sistema exclusivo de mira, que faz com que o jogador tenha a mesma precisão de jogos de tiro em primeira pessoa. Isso foi possível, de acordo com a empresa, fazendo com que a retícula da mira estivesse sempre no local desejado pelo jogador, independentemente da posição das mãos do personagem

Activision e Electronic Arts fazem acordo para fechar processo

Ex-executivos da Activision assinaram contato com rival após demissão.
Empresas não divulgaram detalhes do acordo.

 

 

 

A Activision Blizzard e a concorrente Electronic Arts chegaram a um acordo para encerrar o processo em que a primeira acusava dois ex-executivos de romper as relações com ela para desenvolver jogos para a segunda.

"A Activision e a EA chegaram a acordo e vão deixar esse assunto para trás", ambas anunciaram em comunicado na quarta-feira (16), sem dar detalhes.

Os dois ex-executivos da Activision, Jason West e Vincent Zampella, desenvolveram o jogo "Call of Duty" original e diversos outros títulos da série.

Depois de deixar a Activision, em 2010, West e Zampella criaram um estúdio de desenvolvimento, o Respawn Entertainment, e assinaram um contrato exclusivo de distribuição com a EA.

A Activision acusou executivos da EA de terem convidado West e Zampella para se reunirem com eles mesmo estando os dois ainda contratados.

West e Zampella abriram processo contra a Activision após a demissão, solicitando US$ 36 milhões em direitos autorais. A empresa reagiu com um processo e pedia à EA e aos dois ex-executivos US$ 400 milhões em indenização.

A Activision Blizzard é a maior distribuidora independente de videogames do mundo, dona de games como "Call of Duty", "World of Warcraft", "Guitar Hero", "Diablo" entre outros. A EA, conhecida pelos jogos com tema esportivo, publica títulos como "Fifa" e "Need for Speed".

West e Zampella ainda não chegaram a acordo com a Activision. O julgamento está marcado para 29 de maio em um tribunal estadual em Los Angeles.

O advogado dos dois ex-executivos não foi localizado para comentar o caso.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Fãs recuperam 'pedaços' e montam capa de 'Halo 4'

Desenvolvedora enviou 32 pedaços da imagem para fãs montarem capa.
Game do Xbox 360 tem previsão de lançamento para 6 de novembro.

 

 

Fãs da série 'Halo' receberam do estúdio de desenvolvimento do game, o 343 Industries, com um pedaço da imagem de capa de "Halo 4", que tem previsão de lançamento para 6 de novembro no Xbox 360. 32 partes da imagem foram enviadas para membros da comunidade da franquia que tiveram que se unir para montar a foto.

Eles conseguiram montar a imagem e a publicaram no fórum "Neogaf".

         Capa de 'Halo 4' foi montada por fãs e divulgada em fórum (Foto: Divulgação).

 

"Halo 4" é um jogo exclusivo do Xbox 360, da Microsoft, e é desenvolvido pelo estúdio 343 Industries. No início de março, imagens do jogo foram divulgadas, mostrando a nova armadura do herói Master Chief, personagem principal da franquia, que está mais moderna e de acordo com a nova geração de soldados Spartan que estará no título.

A novidade é que as vestimentas poderão ser modificadas como em "Halo: Reach", último título da série, mas as alterações refletirão em novas habilidades para os personagens no modo de partidas on-line.

A história de "Halo 4" acontece quatro anos depois de "Halo 3" e traz Master Chief para enfrentar inimigos em um novo planeta.

Servidores abrem e gamers começam a jogar 'Diablo III'

Game foi lançado oficialmente às 4 horas da manhã desta terça-feira.
Com servidores lotados, alguns fãs não conseguem acessar o jogo.

 

 

 

 

Os servidores de "Diablo III", game de RPG de ação da Blizzard, abriram às 4h da manhã (horário de Brasília) desta terça-feira (15), permitindo que os jogadores começassem as primeiras aventuras do jogo.

O horário oficial de lançamento foi a meia-noite no fuso horário da Califórnia, onde é localizada a sede da Blizzard, que está quatro horas atrás do horário de Brasília.
O game, embora seja possível jogar sozinho, exige autenticação de um servidor da empresa para ser iniciado e, por isso, precisa de uma computador conectado à web.

Há alguns dias os fãs que adquiriram o game por meio de download - no Brasil, o jogo é vendido por R$ 100 - puderam baixá-lo e deixá-lo no computador, esperando o lançamento do game nesta terça-feira.

Durante a madrugada, "Diablo III" foi um dos termos mais comentados no Twitter no Brasil, com usuários comentando a expectativa de abertura dos servidores da Blizzard. Durante o dia, o nome do game também ficou entre os mais falados nas rede sociais.

Entretanto, a lotação dos servidores do jogo criou um problema inesperado. Milhares de jogadores, logo nos primeiros minutos do lançamento, começaram a comentar no microblog que os servidores estavam lotados e que não conseguiam jogar. O apresentador do canal norte-americano especializado em games G4 Kevin Pereria chegou a tuitar uma imagem que mostrava o servidor ocupado.

O mesmo aconteceu com o usuário do site de transmissão de vídeos ao vivo Ustream "theshadowfan". Ele iria transmitir ao vivo a primeira partida do jogo, mas teve dificuldades em conectar nos servidores da Blizzard.

A mensagem que os dois receberam ao lado de milhares de outros gamers era do "erro 37", que indicava que os servidores estavam ocupados. O termo "#error37" também foi um dos mais comentados por usuários do Twitter, que chando a aparecer nos Trending Topics do site 1 hora após o lançamento oficial do jogo.

Por meio de sua conta oficial de suporte no Twitter, a Blizzard afirma que os usuários que receberem a mensagem do "error 37" devem esperar e tentar conectar novamente no servidor com a conta. O motivo é o alto tráfego de usuários tentando jogar o game.

Cerca de 1h30 depois do lançamento do game, os jogadores conseguiram se conectar ao servidor e conseguiram jogar "Diablo III" normalmente.

 

A espera acabou
Em "Diablo III", os jogadores podem assumir o papel de cinco personagens heroicos: bárbaro, feiticeiro, arcanista, monge ou caçador de demônios. Os heróis entram numa jornada épica para livrar Santuário das forças degradantes do Inferno Ardente, explorando diferentes e perigosos ambientes, aumentando sua experiência e suas habilidades, adquirindo artefatos e encontrando personagens-chave que os acompanharão lado a lado no campo de batalha. Todas as partidas são geradas de modo aleatório, ou seja, os inimigos nunca aparecerão no mesmo lugar para enfrentar o jogador.
No Brasil, a versão digital do jogo será vendida por R$ 100 e será lançada em todo o mundo no dia 15 de maio. No país, o game será dublado em português com versões para PC e Mac. No Mac, no entanto, o game não terá dublagem em português no lançamento. As cópias físicas de "Diablo III" serão lançadas no dia 7 de junho.
A edição de colecionador do game custará R$ 350 e tem vendas previstas para o mesmo dia. lém do game, o título traz uma série de itens especiais como um crânio do vilão Diablo com um pen drive personalizado que traz o segundo jogo da franquia, "Diablo II", e a expansão "Lord of Destruction", um livro com as artes feitas pelos artistas da Blizzard, um Blu-ray com os bastidores da produção, um CD com trilha sonora e itens especiais para usar em "World of Warcraft" e em "Starcraft II".

sábado, 12 de maio de 2012

'Max Payne 3' chega ao Brasil no dia 31 de maio por R$ 200

Edição de colecionador do game será vendida por R$ 400.
Para PC, game que acontece em São Paulo custará R$ 90 nas lojas físicas.

 

 

 

 

O game "Max Payne 3" será lançado no Brasil no dia 31 de maio por R$ 200 na versão de PlayStation 3 e Xbox 360 e por R$ 90 no PC, em disco, de acordo com a distribuidora Arvato Games. A edição de colecionador do título, que tem a cidade de São Paulo como local da trama, também será vendida no país por R$ 400.

Nos Estados Unidos, o game será lançado oficialmente nesta terça-feira (15).

De acordo com a Arvatom, algumas lojas venderão a versão de Xbox 360 por R$ 180.

Os compradores do título para os consoles e PC no sistema de pré-venda receberão um mapa  extra para partidas on-line por download. Para conseguir o pacote, é necessário enviar um e-mail para a Arvato com a cópia da nota fiscal. A empresa afirma que até o dia 31 de maio irá informar como o download do conteúdo poderá ser realizado.

Os brasileiros podem comprar a versão digital para PC nos sites XOGO (clique aqui para acessar) e Nuuvem (clique aqui para acessar) por R$ 80 e a previsão de lançamento é para 1º de junho. Quem adquirir o game até o dia 15 de maio ganha o título anterior, "Max Payne 2" e outros extras gratuitamente.

Contra as gangues paulistas
"Max Payne 3" será lançado para Xbox 360, PC e PlayStation 3. No game, o herói enfrenta traficantes na cidade de São Paulo para encontrar a esposa de um grande empresário brasileiro que foi sequestrada. O jogo traz elementos conhecidos da franquia como a câmera lenta para que o jogador dê tiros mais precisos. A Rockstar afirma que trabalhou muito nos controles do jogo para fazer com que o personagem se mova de modo realista enquanto o jogador consegue mirar nos adversários facilmente.

O game de tiro em terceira pessoa tem um sistema exclusivo de mira, que faz com que o jogador tenha a mesma precisão de jogos de tiro em primeira pessoa. Isso foi possível, de acordo com a empresa, fazendo com que a retícula da mira estivesse sempre no local desejado pelo jogador, independentemente da posição das mãos do personagem.

No trailer de lançamento divulgado nesta quinta-feira (11), o herói aparece sendo preso pela polícia paulistana.

Game de 'Os Vingadores' está em produção para Xbox 360 e Wii U

Jogo usará o sensor Kinect no videogame da Microsoft.
Em produção pela Ubisoft, jogo será lançado no segundo semestre.

 

 

 

 

O filme "Os Vingadores" já está nos cinemas de todo o mundo, mas o game do grupo de heróis da Marvel que reúne Homem de Ferro, Capitão América, Hulk e Thor só foi anunciado que está em desenvolvimento nesta quinta-feira (10). "Marvel Avengers: Battle for Earth" está em produção pela Ubisoft para Xbox 360 e Wii U e, de acordo com a empresa, será lançado entre setembro e dezembro e terá como história a saga "Secret Invasion".

No videogame da Microsoft, o game, que deve colocar o jogador na pele dos heróis, usará o sensor de movimentos Kinect. No Wii U, novo videogame da Nintendo que deve chegar às lojas no final de 2012, detalhes do jogo não foram revelados.

 

 

“Estamos muito animados em unir forçar com a Marvel Entertainment para trazer alguns dos mais famosos personagens do mundo das HQs ao mundo dos videogames”, disse Tony Key, vice-presidente de marketing da Ubisoft nos EUA. “Os fãs do Universo Marvel e de jogos de super-heróis irão adorar a grande quantidade de personagens, movimentos controlados e gameplay competitivo”.

Marvel Avengers: Battle for Earth” apresentará 20 personagens diferentes, como Capitão América, Homem de Ferro, Hulk e Thor, entre outros famosos personagens do mundo Marvel.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

'Wolfenstein' ganha versão gratuita para web em aniversário de 20 anos

Título completo pode ser jogado no navegador de internet.
Game ganhou versões para todas as plataformas ao longo dos anos.

 

 

 

"Wolfenstein 3D", precursor dos games de tiro em primeira pessoa, ganhou uma versão gratuita (clique aqui para jogar) que roda no navegador de internet para comemorar os 20 anos de lançamento do jogo da id Software.

O título fez grande sucesso nos PCs quando lançado em 1992, trazendo cenários tridimensionais e tornando o gênero um dos mais populares dos games. O título, desenvolvido por John Carmack, foi lançado para diversos consoles ao longo dos anos e hoje está disponível para iPhone e iPad. Nesta quarta-feira (9), o game será disponibilizado gratuitamente (clique aqui para acessar a versão gratuita na loja norte-americana).

A edição para navegadores traz o game completo em que o jogador, na pele de um soldado norte-americano na Segunda Guerra Mundial, deve escapar de uma prisão nazista no Castelo Wolfenstein. Além de soldados, os inimigos incluem cachorros, monstros mutantes e um Hitler robótico.

"Wolfenstein 3D" embalou "Doom", também da id, a ser um dos jogos de maior sucesso da década de 1990, que teve mais de 10 milhões de cópias vendidas.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Trailer mostra cenas de novo 'Call of Duty' que mostra guerra em 2025

Activision divulgou vídeo com detalhes do título durante jogo da NBA.
Game de tiro em primeira pessoa chega no dia 13 de novembro aos EUA.

 

 

 

A Activision divulgou durante as partidas de basquete da NBA na noite da terça-feira (1º) nos Estados Unidos o primeiro trailer do game "Call of Duty: Black Ops II" que, segundo a produtora, irá mostrar uma guerra no futuro, no ano de 2025.

De acordo com o trailer (clique aqui para assistir ao vídeo em inglês), o jogo de tiro em primeira pessoa mostrará uma Guerra Fria do século XXI. No período da história do título desenvolvido pela Treyarch, a mesma de "Call of Duty: Black Ops", máquinas protegem os seres humanos contra ameaças terroristas.

O conflito começa quanto terroristas conseguem controlar estas máquinas e colocam a segurança do planeta em risco.

"Call of Duty" será "Black Ops II" será lançado no dia 13 de novembro nos Estados Unidos para PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

 

Série de recordes
A série "Call of Duty" é recordista de vendas e de arrecadação de dinheiro no mercado de games e de entretenimento, com vendas que superam os grandes lançamentos do cinema. “Call of Duty: Modern Warfare 3”,o último lançamento, superou US$ 1 bilhão em vendas em 16 dias nas lojas.

O game de tiro em primeira pessoa alcançou a marca mais rápido que o filme “Avatar”, que vendeu mais de US$ 1 bilhão nas bilheterias após 17 dias.

O novo game da franquia "Call of Duty" foi lançado em 8 de novembro e vendeu mais de 6,5 milhões de cópias no primeiro dia nas lojas dos EUA e da Europa, segundo a Activision Blizzard.

O antecessor de "Black Ops II" faturou US$ 650 milhões em cinco dias nas lojas, recorde que foi quebrado por "Modern Warfare 3". Em 24 horas nas lojas dos EUA e do Reino Unido, "Black Ops" arrecadou US$ 360 milhões.

 

      Jogador poderá usar armas futuristas nos confrontos do game (Foto: Divulgação)

terça-feira, 1 de maio de 2012

'God of War: Ascension' terá modo on-line para 8 jogadores

Partidas dividirão gamers em duas equipes para libertar ou matar monstro.
Título exclusivo do PlayStation 3 chega apenas em 2013.

 

 

 

 

A Son revelou que o game 'God of War: Ascension', último jogo da franquia exclusiva para o PlayStation 3 que será lançado em 2013, terá um modo on-line para até oito jogadores. Chamado de "Execution", ele dividirá dois times com quatro gamers que represenrarão os espartanos e os troianos.

O modo on-line era bastante aguardado pelos fãs da franquia.

O time que representa Esparta precisa dominar pontos do cenário para libertar um ser gigante que está preso, enquanto que os representantes de Troia precisam fazer de tudo para matar o ser. O jogador pode escolher "vender a alma" para Zeus, Hades, Ares ou Poseidon, garantindo habilidades especiais e armas distintas para os confrontos pela internet.

"Depois de escolher com quem se aliar, o jogador pode selecionar as roupas do seu personagem como botas, luvas e armaduras", disse Todd Papy, diretor criativo de "God of War: Ascension".

O retorno de Kratos
A história de "God of  War: Ascension" irá mostrar os acontecimentos anteriores ao primeiro "God of War", do PlayStation 2, mostrando como o herói Kratos ganhou as correntes que usa para atacar os inimigos, sendo escravo de Ares, deus da guerra, e, depois, destronando-o.

'Call of Duty: Black Ops II' traz Guerra Fria do século XXI ao PC e consoles

Activision revelou game nesta terça-feira (1º) para X360, PS3 e PC.
Jogo de tiro em primeira pessoa será lançado em novembro.

 

 

 

A produtora Activision revelou nesta terça-feira (1º) que o novo game da série de tiro em primeira pessoa "Call of Duty" será "Black Ops II", que será lançado no dia 13 de novembro nos Estados Unidos para PlayStation 3, Xbox 360 e PC. O jogo será sequência direta de "Call of Duty: Black Ops" lançado para as mesmas plataformas em 2010.

Embora o primeiro "Black Ops" aconteça durante a Guerra Fria durante a década de 1960, a continuação mostrará um conflito em um futuro próximo, com armas tecnológicas que aumentam a dificuldade e a destruição do conflito.

A confirmação do game foi feita por meio do site britânico da empresa. A previsão é que um trailer de anúncio seja veiculado na TV norte-americana durante as partidas de basquete da NBA na noite desta terça-feira. O site oficial do game nos EUA continua com um contador e com o anúncio do vídeo de lançamento durante as partidas.

 

Série de recordes
A série "Call of Duty" é recordista de vendas e de arrecadação de dinheiro no mercado de games e de entretenimento, com vendas que superam os grandes lançamentos do cinema. “Call of Duty: Modern Warfare 3”,o último lançamento, superou US$ 1 bilhão em vendas em 16 dias nas lojas.

O game de tiro em primeira pessoa alcançou a marca mais rápido que o filme “Avatar”, que vendeu mais de US$ 1 bilhão nas bilheterias após 17 dias.

O novo game da franquia "Call of Duty" foi lançado em 8 de novembro e vendeu mais de 6,5 milhões de cópias no primeiro dia nas lojas dos EUA e da Europa, segundo a Activision Blizzard.

O antecessor de "Black Ops II" faturou US$ 650 milhões em cinco dias nas lojas, recorde que foi quebrado por "Modern Warfare 3". Em 24 horas nas lojas dos EUA e do Reino Unido, "Black Ops" arrecadou US$ 360 milhões.

 

Film Foundation