quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

'GTA V' será lançado no dia 17 de setembro nos Estados Unidos

Rockstar pediu desculpas por 4 meses de atraso no lançamento.Game tem versões para PlayStation 3 e Xbox 360.

 

 

A Rockstar anunciou nesta quinta-feira que o aguardado game "Grand Theft Auto V" - será lançado nos Estados Unidos no dia 17 de setembro. O game tem versões para PlayStation 3 e Xbox 360. Wii U e PC também podem receber o game.

 

Não há previsão de lançamento no game no Brasil e também não se sabe ainda se o game terá dublagem ou legendas em português. Entretanto, assim como outros títulos da Take Two, como "Bioshock Infinite", apresentam legendas no idioma, existe a possibilidade da quinta edição de uma das séries mais populares dos games também receba a novidade.

A Rockstar afirma que a data de lançamento é quatro meses depois da previsão inicial, que era de maio. O tempo extra, segundo a empresa, servirá para ajustar alguns detalhes do jogo "uma das apostas mais ambiciosas e complexas já feitas", segundo a produtora, o que  exige mais tempo para "polimento".

31/01/2013 13h12 - Atualizado em 31/01/2013 13h26

'GTA V' será lançado no dia 17 de setembro nos Estados Unidos

Rockstar pediu desculpas por 4 meses de atraso no lançamento do game.
Aguardado game tem versões para PlayStation 3 e Xbox 360.

Do G1, em São Paulo

5 comentários

Os três personagens de 'GTA V' conversam antes de missão (Foto: Divulgação)   

 

A Rockstar anunciou nesta quinta-feira (31) que o aguardado game "Grand Theft Auto V" - conhecido também como "GTA V" - será lançado nos Estados Unidos no dia 17 de setembro. O game tem versões para PlayStation 3 e Xbox 360 - o Wii U e o PC também podem receber o game.

Em comunicado a Rockstar pediu desculpas aos fãs pelo atraso do lançamento do jogo.

 

 

Sucesso e polêmica
"GTA V" tem previsão de lançamento para PlayStation 3 e Xbox 360 para o segundo trimestre de 2013. Além da série "GTA", a Rockstar tem no currículo outros games que apresentam muitas horas de jogo e grande quantidade de conteúdo como "Red Dead Redemption", "Max Payne 3", "Bully" e "L.A. Noire".
O principal objetivo do game será "a busca pelo precioso dólar".
Pela primeira vez, os gamers poderão controlar três personagens em um game da série "GTA". O novo jogo se passa na cidade fictícia de Los Santos, que é inspirada em Los Angeles. Os "heróis" do game, que receberam nomes de Michael, Trevor e Franklin, terão características únicas e alternar entre eles permite viajar pela gigantesca cidade.

 

 

Cada um deles apresenta personalidade, habilidade e grupos de amigos para interagir diferentes. Eles podem trabalhar juntos em uma missão, com o jogador podendo escolher com qual jogar - cada um deles fará uma tarefa diferente. Quando não estão sendo controlados saem pela cidade para "continuar com sua vida".
Acidade de Los Santos e arredores será gigante, com um tamanho das áreas das cidades dos games "Red Dead Redemption", "GTA: San Andreas" e "GTA IV" combinadas. Há locais montanhosos, florestas, uma base militar e o fundo do oceano para serem explorados.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Próximo iPad pode ter 128 GB de espaço de armazenamento

Apple pode aumentar capacidade dos tablets de guardar arquivos.
Novos aparelhos devem ser anunciados em março.

 

 

 

O próximo modelo do iPad pode ter maior capacidade de armazenamento, com 128 GB. segundo reportagem do site "9to5Mac", que cita fontes próximas do assunto.

O aparelho não seria um novo modelo do iPad e, sim, uma atualização da quarta geração do tablet da Apple que teria um aumento do espaço de armazenamento. Não haveria mudanças em outras configurações do dispositivo como resolução de tela e conexões.

Internamente, o site afirma que a Apple chama os modelos atuais do iPad, que tem memória de 16 GB, 32 GB e 64 GB para armazenamento de arquivos, de "Good", "Better" e "Best" e que o novo modelo de 128 GB é chamado de "Ultimate".

As fontes que informaram o site sobre o novo iPad não revelaram uma data de lançamento para o aparelho. Especula-se, no entanto, que a Apple pode anunciar a nova geração de tablets em março.

'God of War: Ascension' tem pré-venda por R$ 150 no Brasil

Fãs podem comprar game a partir de sexta-feira (1º); jogo chega em março.
Compra antecipada garante bônus para usar dentro do título.

 

 

 

A Sony iniciará na sexta-feira (1º) a pré-venda do aguardado "God of War: Ascencion" no Brasil, com bônus para quem comprar o aguardado game do PlayStation 3 antecipadamente. No país, o jogo custa R$ 150 e tem previsão de lançamento para 12 de março - o game também será dublado em português.

A pré-venda estará disponível no site da Sony no Brasil (clique aqui para acessar) e também nas lojas Sony Style até o dia 11 de março, um dia antes do game ser lançado. Entretanto, a empresa avisa que as entregas para quem encomendar o game antecipadamente podem ser feitas até o dia 19 de março.

A compra antecipada dá os bônus "Heróis Mitológicos" para o modo de partidas on-line,  quatro armaduras - Perseus, Orion, Achiles e Odysseus - e a arma "Espada do Julgamento". A trilha sonora do game por download, tema dinâmico para a tela inicial do PlayStation 3 e avatares de usuário para a PlayStation Network, além de experiência dobrada para as partidas pela internet, também estão inclusas.

Em fevereiro, a Sony prometeu o lançamento de uma demonstração gratuita de "God of War: Ascension", mas ainda não há data definida.

 

Origens de Kratos
"God of War: Ascension”, um dos jogos mais aguardados pelos fãs e donos de um PlayStation 3, conta a história do protagonista Kratos antes dos eventos do primeiro "God of War", lançado para PlayStation 2 em 2005.


Demonstrado pela primeira vez durante a conferência da Sony na E3, “Ascension” está recheado de criaturas mitológicas sendo mortas por Kratos das maneiras mais sanguinolentas possíveis, respeitando o legado de violência da série "God of War" criado nos últimos anos.
No entanto, a grande novidade de "Ascension" são os modos multijogador inéditos à série. De acordo com a Sony, até oito pessoas poderão jogar juntas e realizar missões em conjunto. Um dos modos multijogador, chamado de "Execution", divide dois times com quatro jogadores, que representarão os espartanos e os troianos.


O time que representa Esparta precisa dominar pontos do cenário para libertar um ser gigante que está preso, enquanto que os representantes de Troia precisam fazer de tudo para matá-lo. O jogador pode escolher "vender a alma" para Zeus, Hades, Ares ou Poseidon, garantindo habilidades especiais e armas distintas para os confrontos on-line.


"Depois de escolher a quem se aliar, o jogador pode selecionar as roupas do seu personagem como botas, luvas e armaduras", disse Todd Papy, diretor criativo de "God of War: Ascension"

sábado, 26 de janeiro de 2013

Sony lança versão para a web de loja virtual do PlayStation 3 e do PS Vita

PlayStation Store pode ser acessada do PC, tablet ou smartphone.
Jogos comprados vão para a fila de downloads dos consoles.

 

 

 

A Sony lançou nos Estados Unidos, Canadá, México e Brasil a versão para a web da loja virtual PlayStation Store (clique aqui para acessar), permitindo que por meio de um navegador no PC, o usuário possa comprar games no formato digital para o PlayStation 3 e o portátil PlayStation Vita. O acesso também pode ser feito por meio de smartphones e tablets.

O preço dos jogos e as ofertas de títulos são as mesmas encontradas na loja quando acessada pelo PS3 ou PS Vita. Ao comprar um jogo pelo navegador, ele pode ser baixado nos consoles quando este é ligado e o usuário acessa a seção "Meus Downloads" no menu dos aparelhos.

No Brasil, os games são vendidos em reais.

A primeira versão da loja virtual de jogos da Sony foi lançada em dezembro de 2012 na Europa.

De acordo com a empresa, "o lançamento da loja on-line nos navegadores é uma iniciativa para redesenhar diversas experiências para os consumidores da empresa". Nas próximas semanas, uma função para recomendar títulos baseado nas compras anteriores do usuário será lançada.

A novidade da Sony chega atrasada quando comparada com a rival Microsoft. Há anos os donos do Xbox 360 podem comprar jogos no formato digital no navegador de PC e depois, baixá-los no console.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Demonstração de 'The Last of Us' estará em novo 'God of War'

Entretanto, jogo não vai estar no disco de novo game de Kratos.
Sony irá lançar a demonstração posteriormente.

 

 

 

A Sony anunciou que o game "God of War: Ascension", exclusivo do PlayStation 3 e que chega no dia 12 de março, terá o acesso antecipado à demonstração de "The Last of Us".

Entretanto, a "demo" não estará no disco do jogo. A Sony afirma que haverá um código no jogo para que o download seja efetuado quando "a demonstração estiver disponível".

Haverá uma opção no menu de "God of War: Ascension" que permitirá o download da "demo" do aguardado game de sobrevivência e ação. A Sony diz que divulgará mais detalhes "em breve".

"The Last of Us" também é exclusivo do PlayStation 3 e tem previsão de lançamento para o dia 17 de maio.

O novo game da Naughty Dog, criadora da franquia "Uncharted", acompanha os sobreviventes Joel e Elie em um mundo pós-apocalíptico e segue a mesma linha do seu irmão mais velho: aventura em terceira pessoa, visão na qual é possível enxergar o personagem, muitos confrontos armados e escaladas em construções destruídas e abandonadas.

        'The Last of Us' (Foto Divulgação:Sony)

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

'The Legend of Zelda: Wind Waker' ganhará remake em HD para o Wii U

Nintendo também trabalha em game inédito da franquia 'Zelda'.
Novos 'Super Mario' e 'Mario Kart' serão mostrados na feira E3.

 

 

 

A Nintendo anunciou nesta quarta-feira (23) que o game clássico "The Legend of Zelda: Wind Waker", lançado originalmente em 2002 para o GameCube, ganhará uma versão em alta definição para o Wii U. A data de lançamento do game não foi definida.

Em uma transmissão em vídeo comandada pelo presidente da empresa, Satoru Iwata, o diretor da série, Eiji Aonuma, anunciou o remake do game que, como destaque, trará novos gráficos, melhor experiência de jogo e poderá ser jogado na tela do GamePad, o controle do Wii U, em vez da TV.

 

Durante a transmissão, Aonuma mostrou algumas imagens estáticas de como o jogo, que tem gráficos que lembram um desenho animado, está ficando no Wii U. Nenhum vídeo do jogo ou imagem do personagem Link foi apresentado. A ideia de lançar uma versão em HD do game, que foi controverso em seu lançamento mas que depois foi reconhecido como um dos melhores títulos da franquia, foi resultado de testes com cenários dos jogos antigos de "Zelda" para serem melhorados no Wii U. Como o resultado em "Wind Waker" ficou bom para o time de desenvolvimento, eles decidiram fazer o remake. A previsão de lançamento é para o terceiro trimestre de 2013.

Aonuma anunciou que há um game inédito da série "The Legend of Zelda" em desenvolvimento para o novo console da Nintendo e que ele trará "uma nova filosofia em seu design de fases". "Fatores clássicos como ter que terminar o game completando as dungeons [calabouços] em uma determinada ordem serão mudados. Queremos recomeçar a franquia para que os jogadores conheçam sua verdadeira essência", disse.

A tentativa de mudar os alicerces da série, segundo o diretor, aconteceu em "The Legend of Zelda: Skyward Sword", lançado em 2011 para o Wii, mas o objetivo não foi alcançado e o game tem um esquema linear, com uma sequência determinada de calabouços.

   Primeira imagem do remake em HD de 'The Legend of Zelda: Wing Waker'

 

Novos 'Super Mario'
A Nintendo também afirmou que trabalha em novos jogos do seu principal personagem Mario. Uma versão do popular "Mario Kart" e um game em 3D, nos moldes de "Super Mario Galaxy" estão sendo desenvolvidos pela empresa e que eles serão apresentados na feira Electronic Entertainment Expo (E3), que acontece em junho nos Estados Unidos. Nenhum detalhe adicional sobre os jogos ou imagens foram reveladas.

Yoshi, o dinossauro verde amigo de Mario, ganhará um game próprio no Wii U. Ainda sem nome ou data de lançamento, o jogo terá um visual único. Yoshi é feito de lá e o seu mundo é uma combinação de tecidos coloridos. Iwata diz que a Nintendo "usará toda a capacidade gráfica do Wii U para mostrar que um game do Yoshi pode ser muito atrativo".

 

Outros jogos anunciados pela Nintendo incluiu um título, desenvolvido pela equipe de "Wii Party", que permite jogar minigames entre duas pessoas usando o mesmo GamePad. Uma versão de um game que lembra mesas de pebolim foi apresentado, com dois jogadores dividindo a mesma tela e usando as alavancas analógicas do controle para direcionar os jogadores. Outro minigame exigia usar Wii Remotes e o GamePad e pressionar os botões correspondentes com ajudas de amigos, lembrando o jogo "Genius".

Os fãs de RPG terão em 2013 para o Wii U um novo game da série "Xeno", que tem "Xenoblade Chronicles", do Wii, como último jogo da franquia. Os personagens estão sendo criados por Kunihiko Tanaka, que trabalhou nos clássicos "Xenogears" e "Xenosaga Episode I".

Outro game do gênero que está em desenvolvimento é o encontro de duas franquias, "Shin Megami Tensei" e "Fire Emblem". Detalhes devem ser apresentados nos próximos meses.

Ainda, a empresa planeja lançar a partir de março, jogos que tinham previsão de lançamento para o início de 2013 e que, segundo Iwata, foram atrasados para garantir sua qualidade. São eles "Game & Wario", "Lego City Undercover", "Wii Fit U", "Wonderful 101" entre outros.

 

 

Jogos antigos no Virtual Console
Conhecido pelos donos do Wii, o Virtual Console, a loja virtual de games antigos terá uma versão para o Wii U, com jogos que podem ser jogados tanto no televisor quanto na telinha do GamePad. O presidente da Nintendo afirma que, por conta de direitos autorais, nem todos os jogos que estão na loja do Wii aparecerão inicialmente na loja do Wii U.

Os primeiros consoles que terão seus jogos clássicos vendidos no Virtual Console do Wii U são os do NES e do Super Nintendo, videogames de 8-bits e 16-bits da Nintendo. Jogos do portátil Game Boy Advance - que estão disponíveis no Nintendo 3DS - chegarão em breve ao sistema.

Os jogos de NES custarão entre US$ 4 e US$ 5 e os de Super Nintendo entre US$ 8 e US$ 9. Quem já comprou os títulos no Wii deverá pagar entre US$ 1 e US$ 1,50 para ter a nova versão destes jogos clássicos no Wii U.

A Nintendo também planeja lançar games com preços baixos para comemorar os 30 anos de lançamento no Japão do NES, lá conhecido como Famicom. Por US$ 0,30, cada mês, de janeiro a julho, terá um game promocional, começando por "Balloon Fight". "F-Zero", "Punch Out!", "Kirby's Adventure", "Super Metroid", "Yoshi" e "Donkey Kong" estão na lista.

Uma atualização de sistema prevista para o segundo trimestre irá adicionar a loja virtual no console.

 

Nintendo se rende aos smartphones
Em sua apresentação, Satoru Iwata, focou em pedir desculpas pela falta de jogos no Wii U neste início de 2013, em afirmar que o Wii U tem problemas em seu sistema - e que, por conta disso, a Nintendo lançará duas atualizações na primavera e verão norte-americanos para resolver os problemas e tornar o console mais rápido - e em ressaltar o poder de comunicação da rede social do videogame, o Miiverse.

Nesta rede social, os jogadores compartilham informações e dicas sobre os jogos e também desenhos feitos no GamePad. Para expandir o acesso ao serviço, a Nintendo irá lançar um aplicativo para smartphones e também abrirá uma página para que os usuários entrem no Miiverse pelos navegadores de internet. O "app" será gratuitoe deve ser lançado ainda em 2013.

Assim como no Twitter, haverá usuários "oficiais", reconhecidos com uma pequena marca em sua foto. Eles serão desenvolvedores dos games e poderão saber o que os jogadores pensam dos títulos, podendo ajudá-los ou até melhorar seus jogos baseado nas opiniões dos gamers.

 

Clássico 'Flashback' ganhará versão em alta definição

Criador do game de 1992 trabalha em nova edição com a Ubisoft.
Em game, jogador deve recuperar memória em mundo futurista.

 

 

"Flashback", um dos jogos clássicos dos anos 1990 que apresentava animações para contar a história e com um personagem com movimentos realistas, ganhará uma versão em alta definição para os videogames atuais.

Com o nome de "Flashback Origins", segundo o site francês "Gamalive", o tratamento do jogo original para a versão em HD será feito pelo criador do jogo, Paul Cuisset no seu estúdio VectorCell. A Ubisoft irá publicar o game, que deve ser lançado ainda em 2013 por meio de download para consoles e PC.

Ainda não há preço nem data de lançamento definidos.

 

 

No jogo lançado originalmente em 1992 e que ganhou versões para PC, 3DO, Mega Drive, Super Nintendo, Amiga, CD-i e Jaguar - e que recentemente foi relançado para os sistemas iOS, Symbian e Maemo - o jogador, na pele de Conrad Hart, deve enfrentar os perigos em um mundo fuiturista para recuperar a memória e evitar que a Terra seja destruída.

O título, desenvolvido por Cuisset na Delphine Software e publicado pela U.S. Gold na época, usou a técnica de rotoscopia, filmando movimentos com atores e depois os usando para as animações, criando um game que parecia um desenho animado. Como pontos altos do game, Conrad usa um cinto anti-gravidade, um cubo holográfico e motos que voam. Cenas da história usavam animações, o que surpreendeu na época pela qualidade gráfica.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Os jogos e videogames de sucesso da Atari

Atari 2600, 'Asteroids' e jogos eróticos marcaram a companhia.

 

 

Entre as décadas de 1970 e 1980, Atari era sinônimo de videogame. Mas o que foi sucesso no passado, e começou a definhar na década de 1990 com o console Atari Jaguar terminou em um pedido de falência da famosa empresa fundada em 28 de junho de 1972 por Nolan Bushnell e Ted Dabney nos Estados Unidos.

A Atari, que fabricou videogames e desenvolveu jogos, entrou com o pedido de falência para se tornar independente da parte francesa da Atari, a Infogrames – grupo chamado de Atari SA --, e conseguir fundos para focar no desenvolvimento de jogos com distribuição digital para tablets e smartphones. Muitos dos jogos clássicos da empresa, como "Pitfall", por exemplo, já tem versões para iPhone e dispositivos com o sistema Android.

Nos últimos anos, a Atari desenvolveu, por meio de seus estúdios parceiros, jogos para a atual geração de consoles como o remake "Alone in the Dark", o novo game dos Caça-Fantasmas, "Ghostbusters", o jogo de corrida "Test Drive Unlimited" entre outros. Nenhum teve sucesso suficiente para salvar a companhia.

Atualmente, a Atari oferece alguns de seus games clássicos gratuitamente em seu site oficial, fazendo a alegria de muitos saudosistas  (clique aqui para acessar).

lista com alguns dos principais sucessos da Atari ao longo dos seus 40 anos de vida para relembrar os feitos da companhia.

 

 

"Pong"
Com um esquema de jogo simples e que mesmo assim desafiava jogadores, "Pong" foi um dos primeiros jogos de sucesso. Teve uma versão para arcades, foi lançado como um videogame de um único jogo com o mesmo nome - no Brasil, esta versão ficou conhecida como Telejogo - e também virou cartucho no Atari 2600.

O jogo tinha uma bolinha "quadrada" que deveria ser rebatida por dois retângulos que simulavam raquetes. Os pontos eram dados quando o jogador conseguisse fazer a bola passar pela raquete do adversário.

 

 

 

Atari 2600
Foi o primeiro videogame que atingiu grande popularidade em todo mundo e tinha como destaque o uso de cartuchos com jogos. Isso permitiu que o mesmo aparelho pudesse ter diversos jogos em vez de o hardware ter apenas um, como acontecia anteriormente. Embora o console Fairchild Channel F seja creditado como o primeiro a usar cartuchos, o Atari 2600 foi o que popularizou a mídia.

O console lançado nos Estados Unidos em 14 de outubro de 1977 por US$ 200, só chegou ao Japão em 1983 e foi descontinuado em 1992. O modelo vendeu 30 milhões de unidades em todo o mundo, segundo a empresa.

Ao longo dos anos, o Atari 2600 teve diversas versões sendo a mais famosa a que apresenta detalhes em madeira. Em 1984, uma versão menor e com componentes mais baratos foi lançada com o nome de Atari 2600 Junior.

 

 

 

Telejogo
Com o sucesso de "Pong" nos fliperamas, a Atari começou a pensar em levar o game de sucesso para a casa das pessoas. O projeto reduziu o tamanho da placa do jogo usada no fliperama e o aparelho se conectava na TV. Com parceria com a rede Sears, o "Home Pong" foi lançado em 1975 nas lojas da cadeia por pouco menos de US$ 100.

A previsão era vender 50 mil unidades no Natal de 1975, mas foram vendidas 175 mil unidades.

Curiosamente, o Telejogo, como ficou conhecido no Brasil, trazia dois controles que eram acoplados ao próprio console de videogame. Jogar ao lado de um amigo exigia que os dois sentassem próximos um do outro - e também não ficavam longe da tela da TV.

 

 

Asteroids
O game viciou os jogadores de fliperama no final da década de 1970, trazendo um esquema de jogo simples - bastava comandar a nave e atirar - mas desafiador ao mesmo tempo. Asteroides de diversos tamanhos apareciam na tela e era necessário destruí-los antes que eles atingissem a nave triangular.

O jogo monocromático dificultava ainda mais a partida pois os asteroides maiores ficavam em pedaços que andavam rapidamente pelo espaço, podendo atingir o jogador.

A versão do Atari 2600, lançada em 1981, apresentou gráficos coloridos ao "Asteroids".

 

 

'Missile Command'
Lançado em 1980 para o Atari 2600, o game fez muito sucesso ao ter como objetivo proteger uma cidade do ataque de mísseis que vinham do céu.

O jogador controlava uma mira que permitia o lançamento de bombas para explodir os tais mísseis.

O desafio era enviar as bombas para que explodissem no momento exato em que os mísseis inimigos passassem no raio da explosão - e nos níveis mais avançados, eram diversos projéteis ao mesmo tempo na tela que deveriam ser explodidos.

 

 

Jogos eróticos
O Atari 2600 foi um dos primeiros a receber jogos voltados para adultos, com temática erótica ou até pornográfica. Um dos mais conhecidos era "X-man", que tinha um homem pelado como personagem. Sem confundir com os famosos heróis dos quadrinhos, o jogo tinha como objetivo andar por um labirinto e encontrar o seu centro. Após encontrar a saída, o prêmio era simular o ato sexual com uma mulher. O visual da época não ajudava muito e os jogadores mais ousados tinham que usar a imaginação.

Outro conhecido era 'Custer’s Revenge', que trazia um caubói nu que tinha que salvar uma mulher, também nua, presa pelos índios. Ao chegar no final da fase e resgatar a jovem, o jogador podia fazer sexo com ela. Para tal tarefa, era necessário mover o joystick do Atari 2600 freneticamente.

 

 

Jogos da Activision
A produtora, que atualmente é conhecida por games "arrasa-quarteirão" como a série "Call of Duty", teve na época do Atari games que são lembrados até os dias de hoje. O principal deles é "Pitfall", que dava oportunidade para o jogador brincar de Indiana Jones. O personagem é um explorador que tem de sobreviver aos perigos da selva saltando lagos com um cipó, andando em cima da boca de crocodilos e enfrentando escorpiões.

"Enduro" tinha como objetivo chegar ao final de uma grande corrida passando pela neve, dirigindo durante a noite, na neblina, na chuva, e também fez muito sucesso na época. "H.E.R.O.", o herói com um helicóptero nas costas trouxe desafio em labirintos complexos para salvar as pessoas perdidas é outro bastante lembrado. "River Raid", o game de combate com avião bastante popular fez com que muitos jogadores perdessem a cabeça ao esquecer de reabastecer a aeronave e, desse modo, ver a tela de "Game Over".

Outros títulos da empresa como "Keystone Kapers", "Fishing Derby", "Ice Hockey" e "Robot Tank" estão entre os mais populares do Atari.

     'Pitfall', da Activision, franquia que resiste até hoje. O último game chegou ao sistema iOS em 2012 (Foto: Divulgação)

Inscrições para a fase de testes de 'The Elder Scrolls Online' são abertas

Jogador deve informar configuração do PC no momento da inscrição.
RPG on-line tem previsão de lançamento para 2013.

 

 

 

 

A produtora Zenimax anunciou nesta terça-feira (22) que estão abertas as inscrições para o teste do jogo on-line com suporte para centenas de jogadores simultâneos (MMO) "The Elder Scrolls Online".

Para realizar a inscrição, que deve ser preenchida em inglês, o interessado deve acessar o site oficial do jogo (clique aqui para acessar). A produtora irá selecionar os jogadores para participar do teste.

Além de preencher seus dados pessoais, o jogador deve informar a configuração do computador para a empresa, além de informar outros jogos MMORPG que jogou e qual o estilo de jogo que pretende abordar em "The Elder Scrolls Online". Embora a empresa não tenha revelado o que levará em conta para selecionar os jogadores, certamente ela deve escolher quem já tem experiência no gênero e um PC de alta performance.

A fase de testes do jogo que deve chegar para o PC ainda em 2013 oferecerá as três facções da série.

"The Elder Scrolls Online" foi anunciado em maio de 2012 e concorrerá com outros títulos de peso do gênero como "World of Warcrat" e "Star Wars: The Old Republic". A história acontecerá mil anos antes do último game da franquia e mostrará o príncipe daedric Molag Bal e sua tentativa de fazer Tamriel ser seu reino. O último game da franquia, "The Elder Scrolls V: Skyrim", foi lançado em 2011 para PC e consoles e é totalmente off-line.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

'God of War: Ascension' terá demonstração grátis em fevereiro

'God of War' terá demonstração grátis em fevereiro.Jogo tem lançamento previsto para 12 de março.

 

 

 

O game "God of War: Ascension", quarta edição do jogo do herói Kratos, terá uma demonstração gratuita que será lançada no final de fevereiro e permitirá que os jogadores testem parte do modo história, Não foi revelado o dia que a "demo" estará disponível.

Em anúncio foi feito por Aaron Kaufman, gerente de comunidade da Sony Santa Mônica Studio, revelou que os jogadores poderão "ver como o modo para um jogador está ficando antes do lançamento do jogo", previsto para o dia 12 de março, inclusive no Brasil.

O período de testes do modo on-line de "God of War: Ascension", antes aberto apenas para assinantes "Plus" da rede PlayStation Network, está aberto para todos os jogadores até a noite desta segunda-feira (21). Para acessar o teste, é preciso entrar na loja virtual PS Store diretamente pelo videogame.

"God of War: Ascension" ainda terá dublagem e legendas em português.

Origens de Kratos
"God of War: Ascension”, um dos jogos mais aguardados pelos fãs e donos de um PlayStation 3, conta a história do protagonista Kratos antes dos eventos do primeiro "God of War", lançado para PlayStation 2 em 2005.

Demonstrado pela primeira vez durante a conferência da Sony na E3, “Ascension” está recheado de criaturas mitológicas sendo mortas por Kratos das maneiras mais sanguinolentas possíveis, respeitando o legado de violência da série "God of War" criado nos últimos anos.

No entanto, a grande novidade de "Ascension" são os modos multijogador inéditos à série. De acordo com a Sony, até oito pessoas poderão jogar juntas e realizar missões em conjunto. Um dos modos multijogador, chamado de "Execution", divide dois times com quatro jogadores, que representarão os espartanos e os troianos.

O time que representa Esparta precisa dominar pontos do cenário para libertar um ser gigante que está preso, enquanto que os representantes de Troia precisam fazer de tudo para matá-lo. O jogador pode escolher "vender a alma" para Zeus, Hades, Ares ou Poseidon, garantindo habilidades especiais e armas distintas para os confrontos on-line.

"Depois de escolher a quem se aliar, o jogador pode selecionar as roupas do seu personagem como botas, luvas e armaduras", disse Todd Papy, diretor criativo de "God of War: Ascension".

Novo modelo do PlayStation 3 ganha duas novas cores no Japão

Versão 'super slim' ganha cores vermelha e azul.
Modelo com novas cores não tem previsão de venda no Ocidente.

 

 

 

O mercado japonês receberá videogames PlayStation 3 na versão "super slim" com duas novas cores em fevereiro. Elas são "Azurite Blue", azul, e Garnet Red, vermelha e serão vendidas por quase 25 mil ienes (cerca de R$ 580). Os modelos terão disco rígido de 250 GB.

O novo modelo do PlayStation, menor do que as duas outras versões, a "tijolão", lançada em 2006, e a "slim", de 2009, foi lançado no final de 2012.

Ainda não há previsão de lançamento dos modelos fora do Japão.

 

Novo PS3 na cor vermelha e azul que será vendido no Japão (Foto: Divulgação).

sábado, 19 de janeiro de 2013

Sony pode abandonar joystick DualShock no PlayStation 4, diz site

Empresa testaria modelos com tela sensível ao toque e sensor biométrico.
Desenvolvedor diz que PS4 pode ser anunciado dentro de semanas.

 

 

A Sony pode abandonar o joystick DualShock, usado nos consoles PlayStation desde a primeira versão do console, na nova geração do videogame que deve chegar no final do ano. De acordo com o site "CVG", um desenvolvedor de jogos que não quis se identificar teve acesso a modelos do novo controle e disse que um deles lembra o GamePad do Wii U, da Nintendo.

A Sony não confirmou a informação do site,a empresa ainda não revelou nenhum detalhe sobre seu novo videogame.

A reportagem afirma que o controle do PlayStation 4 passou por diversos testes de design e poucos lembravam o formato clássico do DualShock. O time de pesquisa e desenvolvimento da Sony chegou a testar uma versão do controle com sensores biométricos e uma tela de LCD sensível ao toque. Os sensores poderiam ser usados por desenvolvedores para capturar e usar os batimentos cardíacos dos jogadores em alguns games, por exemplo.

A tentativa de ter um controle com tela sensível ao toque é uma tentativa de replicar a experiência do PlayStation Vita, portátil da Sony, que possui tela com esta característica. No PlayStation 3, alguns jogos usam o portátil como controle.

 

O desenvolvedor disse ainda que o PlayStation 4, cujo projeto é chamado de Orbis, deverá ser revelado "dentro de algumas semanas, e não meses".

Entretanto, assim como o Wii U, que usa os controles do antecessor Wii para games, o próximo PlayStation pode usar o DualShock 3, do PlayStation 3, como uma segunda opção de joystick.

 

 

O primeiro DualShock foi lançado em 1997, dois anos após o PSone ser lançado oficialmente e virou sinônimo da marca PlayStation. Ele trouxe duas alavancas analógicas, o que se tornou padrão nos controles de todos os videogames que vieram depois.

Quando o PlayStation 3 foi anunciado oficialmente, a Sony tentou modificar o controle e apresentou um que ficou conhecido como "banana pad", pois se parecia com a fruta. Por conta da grande rejeição entre os gamers, a Sony voltou atrás e lançou um novo DualShock para o videogame.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Pacote inicial de 'Disney Infinity' custará US$ 75 nos Estados Unidos

Pacotes de expansão com histórias e cenários saem por US$ 35
Bonecos avulsos custarão US$ 13; pacote com 3 será vendido por US$ 30.

 

 

 

 

A Disney anunciou que o pacote inicial do game "Disney Infinity", que permite o uso de bonecos de verdade para interagir com a ação dentro do jogo, será vendido por US$ 75 nos Estados Unidos. Além do jogo, o pacote acompanha os bonecos de Sully, Sr. Incrível e Jack Sparrow e a base especial usada para colocar os bonecos em cima e, desse modo, usá-los dentro do game.

Ainda não há previsão de preço para o mercado brasileiro.

 

 

A empresa venderá "Play Sets", extras que trazem novas histórias e cenários que tem como protagonistas personagens da Disney, por US$ 35. Pacotes dos "Power Discs", que trazem habilidades extras aos heróis - eles são colocados embaixo dos bonecos - serão vendidos por US$ 4,50 cada.

Bonecos vendidos separadamente custarão US$ 13; pacotes com três personagens serão vendidos por US$ 30.

"Disney Infinity" tem suporte para até quatro jogadores e tem previsão de lançamento para Wii, Wii U, Xbox 360, PlayStation 3, smartphones, tablets, PC e Mac em junho de 2013.

 

 

 

Bonequinhos 'entram' no game
A intenção da empresa é criar um game em que crianças e adolescentes possam combinar os bonecos de personagens da Disney com o ambiente virtual e criar aventuras inéditas usando heróis, ambientes, dispositivos e veículos. A empresa diz que o objetivo é "criar opções infinitas" e até quatro pessoas poderão jogar ao mesmo tempo.
“Queriamos fazer algo no setor dos games que fosse consistente com o pioneirismo da Disney”, disse John Pleasants, da Disney Interactive. “As pessoas vão poder entrar nos mundos de seus personagens favoritos.” Segundo ele, todos os personagens da empresa estarão juntos pela primeira vez.
O sistema do jogo, similar ao de "Skylanders", usa bonequinhos com sensores que são colocados em uma base especial. Ao colocá-los na base, chamada de Base Disney Infinity, eles aparecem dentro do game, permitindo que o jogador os controle. A Disney comercializará os bonecos, discos de poder, que darão habilidades especiais aos heróis e "landmarks", e peças interativas que irão liberar um mundo específico no jogo.

A linha de "Disney Infinity" contará inicialmente com 40 peças que incluem personagens, discos de poder e landmarks. Destas, 17 são de personagens, 3 são de landmarks e 20 são discos de poder. A Disney afirma que lançará mais destas peças para expandir o universo e os objetivos do game ao longo de 2013.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Game de luta dos heróis da DC, 'Injustice' será lançado em 16 de abril

Edição especial traz controle de fliperama e roupas extras para heróis.
Além do PlayStation 3 e Xbox 360, Wii U receberá o jogo.

 

 

O game de luta "Injustice: Gods Among Us" será lançado em 16 de abril  em versões para PlayStation 3, Xbox 360 e Wii U. O jogo reúne os super-heróis do universo da DC Comics em confrontos repletos de superpoderes e está em desenvolvimento pelos criadores da série "Mortal Kombat".

O estúdio Netherrealm, que desenvolve o jogo, anunciou também uma nova edição do game, que será vendida ao lado da normal, com o game, e da edição de colecionador, que irá com uma estatueta. Chamada de "Battle Edition", o pacote traz um controle no estilo dos fliperamas - que ajuda a realizar os golpes nos jogos de luta - e três roupas adicionais para Super-Homem, Mulher-Maravilha e Batman. Esta versão será vendida por US$ 150 com unidades limitadas.

Brigas entre grandes heróis e vilões
Em "Injustice", o jogador participa de lutas com os personagens ds DC. O visual lembra muito o de "Mortal Kombat" tanto nas expressões dos lutadores quanto nas roupas, todas versões feitas exclusivamente para o jogo. Super-Homem, Batman e Flash usam armaduras inspiradas em suas roupas nos quadrinhos. Os cenários também parecem vindos do outro game de luta, mas apresentam maior interação. Há diversos níveis ou andares que são acessados ao bater no adversário com um golpe poderoso.
O destaque fica por conta do Super Moves, golpes especiais que usam os poderes dos heróis. Nele, Flash dá algumas voltas na Terra antes de socar o adversário; Super- Homem soca o adversário para a órbita do planeta antes de jogá-lo de volta; Batman, mais fraco, dá golpes usando seus bat-itens.

A desenvolvedora não revela quantos personagens terá na versão final, mas o produtor afirma que isto dependerá do ritmo da produção. Haverá conteúdo extra por download, mas não há nada confirmado.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Edição especial de novo 'Dead Island' tem 'torso ensanguentado'

Extra inusitado de 'Dead Island: Riptide' é exclusivo para o Reino Unido.
Em game, jogador deve sobreviver em uma ilha infestada de zumbis.

 

 

O game "Dead Island: Riptide" receberá uma edição especial, exclusivamente para o Reino Unido, terá uma estátua de um torso feminino ensanguentado de brinde.

A desenvolvedora Deep Silver afirma que não há previsão de lançar o extra para outras regiões.

A edição especial do novo game da franquia "Dead Island", chamada de "Zombie Bait" (isca de zumbi) traz ainda o game, nova versão do título lançado originalmente em 2011, em uma caixa metálica, um livro com arte, um pacote com novas armas e a estátua.

O torso feminino tem 31 cm de altura e 15 cm de largura. A mulher não tem braços nem cabeça. O extra inusitado também é exclusivo para o Xbox 360.

"Dead Island: Riptide" será lançado nos Estados Unidos no dia 23 de abril e no Reino Unido no dia 26 do mesmo mês. Além do Xbox, o PlayStation 3 e o PC receberão o jogo.

Em "Dead Island", o jogador viaja para uma ilha paradisíaca, mas lá, descobre que ela está infestada de zumbis. No título de ação em primeira pessoa, em que o jogador observa a ação do ponto de vista do herói, será necessário usar armas e recursos do local, como pedaços de madeira, por exemplo, para sobreviver à infestação de mortos-vivos.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PlayStation 4 e novo Xbox podem ser apresentados em março

Feira Game Developers Conference pode ser usada para anúncios.
Novos consoles devem começar a ser vendidos já no final de 2013.

 

 

 

 

Os novos videogames PlayStation e Xbox devem ser aprentados ao mundo este ano, e a previsão dos anúncios de Sony e Microsoft podem ocorrer antes do esperado, em março, durante o evento Game Developers Conference (GDC), segundo reportagem da revista "Game Informer".

A publicação afirma que as duas empresas preparam uma apresentação "no estilo da Apple" para revelar seus novos videogames no evento que ocorre na cidade de San Francisco, nos Estados Unidos, entre os dias 25 e 29 de março.

"Ouvimos que Sony e Microsoft preparam apresentações no estilo da Apple para revelar suas novas plataformas próximo da feira GDC, no final de março", diz a revista. "A [feira] E3, em junho, é o maior evento de games do ano, mas as empresas querem apresentar os aparelhos antes para que eles tenham maior destaque".

Isso não significa que E3 não tenha surpresas. O evento será usado para revelar os games que chegam com os novos consoles no final de 2013. E a Sony trabalha para lançar o PlayStation 4, cujo projeto recebeu o nome de Orbis, antes da Microsoft.

PlayStation 4 pode chegar antes
Em entrevista realizada na feira Consumer Electronic Show (CES), que ocorreu entre os dias 8 e 11 de janeiro em Las Vegas, para o jornal chileno "El Mercurio", Hiroshi Sakamoto, vice-presidente da Sony Home Entertainment, disse que o novo PlaySyation deve ser revelado "no mínimo em maio" e "mais tardar em junho".

"Ainda é segredo, mas a equipe que desenvolve o PlayStation está se preparando para uma apresentação na E3, em junho. O anúncio deve acontecer lá, ou até antes, em maio".

Especula-se que alguns estúdios já receberam os kits de desenvolvimento de jogos da nova plataforma da Sony.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Projeto da Microsoft faz jogo de videogame 'sair' da tela

Ilumiroom usa o Kinect e projetor para expandir área de ação do game.
Dispositivo pode ser usado no sucessor do Xbox 360.

 

 

 

Um projeto da Microsoft apresentado na feira de tecnologia Consumer Electronic Show (CES) 2013 quer que os games jogados no videogame Xbox 360 "saiam" da tela e se expandam para a sala de estar ou quarto do jogador. Segundo a empresa, o dispositivo não usa TVs 3D ou óculos especiais.

 

Chamado de Ilumiroom, o protótipo usa o sensor Kinect - que capta o movimento dos jogadores e leva para dentro do game, dispensando o joystick - e um projetor que são conectados no videogame. Esta combinação que faz os tiros dos inimigos, luzes e explosões irem em direção ao jogador e se espalharem. Em jogos no espaço, as estrelas se espalham pelo quarto.

Já em jogos de tiro em primeira pessoa, em que o gamer observa a ação do ponto de vista do personagem, a tecnologia expande o ambiente do jogo para as paredes da casa.

De acordo com o vídeo publicado pela Microsoft (clique aqui para assistir), a tecnologia escaneia o cômodo da casa, identificando o local dos objetos e compensando sua posição para apresentar uma imagem com mais qualidade. Desse modo, vasos, plantas, prateleiras ou mesas não irão atrapalhar na sensação de imersão que o projeto propõe. E, segundo o vídeo, estes mesmos objetos que estão na sala após escaneados podem ganhar alguns efeitos como riscos, dando a sensação de que foram desenhados, e "vibrar" quando há uma explosão no game, por exemplo.

 

A descrição do Ilumiroom pela Microsoft diz que o dispositivo "foi desenvolvido para aumentar a imersão dos games unindo o mundo virtual com o real ao se projetar imagens. Tudo o que aparece no vídeo [divulgado] acontece em tempo real. Não foram usados efeitos especiais."

 

 

A Microsoft não disse quando essa tecnologia será lançada e nem em quais condições ela deve ser usada (em um quarto escuro, por exemplo, ou se ela funcionará com a luz do dia entrando pela sala do usuário). Entretanto, documentos da empresa que vazaram na internet em 2012 e que apontam informações sobre o videogame sucessor do Xbox 360 citam uma tecnologia similar, que expandiria a ação dos jogos para fora da TV. Óculos de realidade aumentada também estariam nos planos da companhia.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Fone de ouvido para games tem selo do estúdio de 'Fifa 13'

Monster lança fone com selo da EA Sports por US$ 270 nos EUA.
Aparelho apresentado na CES tem som 5.1 e isola ruídos externos
.

 

 

 

A fabricantes de acessórios para PCs e videogames Monster lançou um fone de ouvido para gamers que gostam de jogos de esportes. Em parceria com a Electronic Arts, desenvolvedora de 'Fifa 13', a empresa lançará nos Estados Unidos fones para jogos de videogame com a marca EA Sports.

 

O equipamento possui um microfone para que os jogadores possam conversar por meio de voz durante as partidas pela internet .

O dispositivo ainda possui um sistema de som de alta definição, isola os ruídos externos e é feito de um material para torná-lo leve.

Ele chega aos EUA a partir de março por US$ 270.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Sony registra patente para que novo PlayStation bloqueie games usados

Tecnologia deve ser usada apenas no sucessor do PlayStation 3.
Game identificado como usado ou emprestado não rodaria no console.

 

 

 

A Sony registrou uma patente que traz uma tecnologia que bloqueia o uso de games usados em seus consoles. A medida faz com que um código específico dentro dos jogos seja identificado por um sistema on-line e bloqueie seu uso em outro aparelho.

A patente fala de uma tecnologia que consegue identificar cópias dos jogos com informações como em qual console foram usados e por quais jogadores. Em caso de identificar que a cópia é usada, a Sony pode bloquear o uso do jogo. Além do mercado de jogos usados, até os que são comprados em lojas, a empresa também impedirá que gamers joguem títulos emprestados por amigos, por exemplo.

A tecnologia criada pela Sony funciona também no mercado de filmes, protegendo os DVDs e Blu-rays, e no mercado musical, protegendo as cópias das músicas.

Rumores apontam que a tecnologia pode ser usada no novo PlayStation, cujo projeto é chamado de Orbis. O aparelho pode ser anunciado em 2013 e ter vendas já no final do ano.

O documento da Sony diz que a medida irá reduzir o comércio de jogos usados e "reforça o retorno de parte dos lucros das vendas para os desenvolvedores de games".

Videogame GameStick é do tamanho de pen drive e custa US$ 80

Console é colocado na entrada HDMI da TV e cabe dentro do joystick.
Aparelho rodas jogos do sistema Android e deve chegar em abril.

 

 

 

 

A fabricante de acessórios eletrônicos PlayJam anunciou o lançamento de um videogame no mercado que promete rodar games da plataforma móvel Android, do Google, na TV. Chamado de GameStick, o dispositivo é do tamanho de um pen drive e é conectado no televisor na entrada HDMI - para imagem e energia - e tem um controle sem fio para controlar os games.
Após jogar, o controle se abre e mostra um espaço para guardar o videogame (clique aqui para assistir ao vídeo do protótipo do console funcionando). O joystick possui a conexão sem fio Bluetooth.

Segundo seus criadores, o objetivo foi criar um videogame que fosse usado em uma TV e que, ao mesmo tempo, pudesse ser levado no bolso do jogador. O GameStick não usa nenhum tipo de fio, nem para conectá-lo à TV ou para ligá-lo em uma tomada. Outro ponto forte do videogame é o preço dos games, que começam em US$ 0,99.

 

 

O GameStick roda sistema operacional Android Jelly Bean, tem um processador Amlogic de dois núcleos e deve ser vendido por cerca de US$ 80. A previsão da PlayJam é lançar o videogame em abril caso alcance US$ 100 mil de fundos em um site de investimentos (clique aqui para acessar).

Os interessados em investir na ideia e comprar o aparelho aqui no Brasil, além de pagar o valor no site, devem acrescentar US$ 15 para o envio do produto após ele ser lançado.

 

 

 Consoles 'pequenos'
O novo GameStick, se for lançado, terá o console OUYA como concorrente. Ele conseguiu arrecadar US$ 9 milhões no site Kickstarter e também rodará games para o sistema Android. Entretanto, sua configuração é mais robusta. Ele será equipado com o chip Tegra3 de quatro núcleos da Nvidia, tem 1 GB de RAM e 8 GB de memória interna. A previsão é que ele seja vendido por US$ 100.

Durante o período de financiamento no "Kickstarter", o Ouya conseguiu parcerias de Square Enix, que lançará "Final Fantasy III" no aparelho, e da Namco Bandai. As duas lançarão títulos no lançamento do videogame. O serviço de videogame na nuvem (em que os gráficos são processados em servidores externos e o jogador recebe um vídeo em que é possível jogar) OnLive, os aplicativos de rádios on-line TuneIn e iHeartRadio, o serviço de vídeos VEVO e o media center XMBC fecharam acordo com o Ouya.
Até o momento, no entanto, o Ouya receberá jogos lançados para celulares Android e iOS, permitindo que eles possam ser jogados na TV.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

LG começa a aceitar pedidos para TVs de nova geração

Aparelho com telas de OLED prometem ser mais finos e ter melhor imagem.
Preço. contudo, é cinco vezes mais alto do que TVs tradicionais.

 

 

 

A LG Electronics começou a aceitar nesta quarta-feira (2) pedidos para televisores com telas de diodos orgânicos emissores de luz (OLED), na esperança de superar a rival Samsung na nova geração de tecnologia televisiva, que pode mudar o mercado das telas eletrônicas.

A LG e a Samsung apresentaram um ano atrás televisores OLED com telas de 55 polegadas e com preços que devem ser cinco vezes mais altos que os dos aparelhos concorrentes dotados de telas de cristal líquido (LCD), e os novos modelos devem chegar às lojas já em fevereiro.

Vista como o futuro das telas nos bens eletrônicos de consumo, a tecnologia OLED oferece consumo de energia menor e imagens de contraste mais alto que as das telas LCD, além de espessura tão pequena que futuros aparelhos poderão ser dobráveis como folhas de papel.

A companhia segunda maior fabricante mundial de televisores, anunciou que começaria a entregar os novos modelos a partir do começo de fevereiro, e que eles estariam à venda em 1,4 mil lojas da Coreia do Sul.

Os novos modelos serão lançados nos Estados Unidos, Europa e outros mercados asiáticos no primeiro trimestre de 2013.

Na Coreia do Sul, o televisor de 55 polegadas custará 11 milhões de wons (US$ 10,3 mil), quase quatro vezes mais caro que o modelo LED e cerca de cinco vezes mais caro que os modelos LCD convencionais.

O anúncio de lançamento dos televisores OLED contribuiu para a alta de 5,4% das ações da LG Electronics nesta quarta-feira, o maior avanço percentual em cinco meses.

A LG Display, que produz as telas OLED usadas nos aparelhos da LG Electronics, também registrou alta, de 1,8%.

As projeções indicam que as vendas mundiais de televisores OLED devem disparar de 50 mil unidades neste ano para 1,7 milhão em 2014, de acordo com o grupo de pesquisa DisplaySearch. Esse total representa apenas uma pequena fração dos 250 milhões de televisores de todos os tipos que devem ser vendidos no mundo em 2013.

"O lançamento tem significado principalmente simbólico, mostrando que a LG tem a tecnologia pronta para o mercado antes de qualquer um de seus rivais", disse a analista Sophia Kim, da Woori Investment & Securities.

Game de celular 'Temple Run' tem 2,5 milhões de downloads no Natal

Downloads ficaram divididos entre plataformas iOS e Android.
Jogo lançado há mais de um ano é gratuito.

 

 

 

 

O game para smartphones "Temple Run" teve mais de 2,5 milhões de downloads no dia de Natal, de acordo com o estúdio que desenvolve o jogo, Imangi Studios. O jogo é gratuito e tem versões para plataformas iOS (clique aqui para baixar) e Android (clique aqui para baixar).

O fundador do estúdio, Keith Shepherd, disse que um milhão de downloads foram feitos para plataformas iOS, outro um milhão para Android e que 500 mil vieram do site da Amazon. O título foi lançado há mais de um ano.

Em agosto, o game, que exige que o jogador controle a direção que um herói que está fugindo de monstros, pegando moedas, saltando e desviando de obstáculos, atingiu 100 milhões de downloads.

Film Foundation